Dentisteria

Uma boca saudável é essencial para uma vida longa e sem dores.

As doenças orais são muito frequentes tanto em cães como em gatos.
Quatro em cada cinco cães de idade superior a 3 anos mostra sinais desta doença e mesmo sendo tão comum fácilmente passa despercebido aos donos.
Além das dificuldades óbvias de dores e dificuldades em comer as alterações dentárias dão origem a problemas cardíacos.

Questões Frequentes

Sim, o hábito regular de cuidados orais practicados pelos donos pode diminuir a ocorrência de doenças orais, isto incluí a escovagem dos dentes com pastas específicas para animais.

Em caso de não conseguir fazer uma escovagem dos dentes, podemos usar medicação que diminui a formação de placa bacteriana e/ou a introdução de uma forma regular na alimentação de barritas mastigáveis que ajudam na limpeza dentária. Sob conselho do seu Médico Veterinário.

Se a limpeza manual não fôr suficiente podem ser realizadas limpezas dentárias (destartarizações) tal como fazemos no dentista da pessoas. Estes procedimentos nos nossos animais são feitos sob anestesia geral. São recomendados pelo médico veterinário em casos de acumulação moderada ou severa de tártaro e de comprometimento a nível dos dentes.

Subscreva a nossa newsletter

Desenvolvido por Reativa | Todos os direitos reservados © Torres Pet 2020

Desenvolvido por Reativa | Todos os direitos reservados © Torres Pet 2020